Blog

Energia solar aplicada para o bombeamento de água: veja vantagens

A fonte solar fotovoltaica pode ser aplicada em todas as situações que demandem consumo de energia. E, como já visto aqui no blog, oferece inúmeros benefícios ao agronegócio, podendo ser utilizada de variadas formas. Uma delas é no bombeamento de água. 

É comum nas propriedades rurais a utilização desse mecanismo de captação de água para suprir a necessidade onde não há nascentes próximas e em períodos de seca. Sendo utilizado tanto para o consumo humano, como para a atender as plantações e criações de animais.

No entanto, esse recurso gera um grande gasto de luz para as propriedades que ainda dependem só da rede de energia, ou que precisam de gerador. Felizmente, com o uso da energia solar é possível reduzir consideravelmente esses gastos, chegando a quase zero em alguns casos. 

Quer saber como funciona o bombeamento de água com energia solar? Então, continue com a gente neste texto. 

O que é o bombeamento solar 

O bombeamento solar, como é conhecido, é um sistema de captação e distribuição de água que funciona alimentado pela energia obtida através de módulos fotovoltaicos (painéis solares). 

Além de mais economia, esse mecanismo tocado a energia solar também é mais durável e silencioso do que os convencionais (que utilizam energia da rede elétrica ou de gerador). Ele pode ser aplicado em pequenas e grandes propriedades, para as mais variadas necessidades do produtor. 

Em que a bomba de água solar pode ser útil

O sistema de bombeamento solar fotovoltaico pode ser aplicado em diferentes situações dentro da propriedade. A começar pelo abastecimento de água dentro da residência. Quem mora no interior sabe que quando não há uma nascente próxima da casa, a chegada da água é mais difícil e, dependendo da distância, só recorrendo ao bombeamento.

Fora de casa, esses sistemas ajudam no saciamento da sede dos animais, em sistemas de irrigação, na agricultura das mais variadas espécies, na piscicultura ou em sistemas de armazenamento de água, por exemplo. Ou seja, qualquer que seja a atividade desempenhada pelo agricultor, ela pode ser beneficiada por esse tipo de sistema. 

Como funciona o bombeamento solar fotovoltaico

Para o bombeamento solar funcionar é necessário, basicamente, a planta fotovoltaica (painéis), inversor de frequência/driver/controlador, bomba d’água e o sistema de abastecimento. A energia do sol produzida através da captação dos raios solares pelos módulos é transformada em energia elétrica e aplicada ao sistema de bombeamento. Ela aciona a bomba d’água, que vai captar a água do poço, ou de outra fonte, e bombear para o local onde é preciso. 

Existem diferentes formas de bombear água utilizando energia solar. Uma delas é através do bombeamento com armazenamento de água, onde é construído um reservatório, para que a água possa ser utilizada quando não há sol para o funcionamento do sistema.

Há também a opção do sistema sem o reservatório – nesse caso o bombeamento de água acontece apenas quando há sol e é muito utilizado para a irrigação. Um terceiro sistema é o de circulação, que pode ser com armazenamento ou não, para fazer a circulação de água em um reservatório, como em tanques de piscicultura. 

Existem, ainda, diferentes modelos de bombas solares. Entre elas as submersas e as de superfície. A primeira pode ser colocada dentro de poços e alcança profundidades maiores, com mais quantidade de água; para o uso da segunda é adicionado um tubo de sucção para aspirar a água – esse é recomendado para locais com menos profundidade.

A instalação do sistema é fácil e rápida. Mas, precisa ser realizada em locais onde haja sol em boa parte do dia, também deve ser próximo da fonte de água. 

Vantagens desse tipo de sistema

O mais interessante do bombeamento solar para quem vive do agronegócio e precisa cortar gastos desnecessários é a economia gerada. Sistemas solares como um todo oferecem economia na conta de luz. Quem precisa bombear água para dentro de casa ou para manter a lavoura e o gado, sabe o quanto isso pesa todos os meses.

Com o bombeamento solar, esse custo diminui drasticamente a longo prazo, já que não há necessidade de gastar dinheiro com combustíveis fósseis ou manutenção de bombas elétricas.

Além disso, o investimento inicial é compensado por essa economia e o produtor ainda conta com linhas de financiamento exclusivas para o agronegócio. O investimento vai variar conforme o tamanho do projeto, a depender da necessidade de quem vai investir. 

Ainda é possível citar a flexibilidade como um dos benefícios, já que o bombeamento solar fotovoltaico pode ser usado em vários tipos de terrenos e regiões, mesmo em áreas remotas sem acesso à energia elétrica convencional.

Como o bombeamento solar fotovoltaico pode ajudar o agronegócio a ter uma pegada de carbono zero?

A energia solar é uma aliada para a diminuição da emissão de carbono, bandeira levantada para a preservação do meio-ambiente. E o agronegócio também pode ajudar nessa descarbonização, ao investir nessa fonte de energia para o bombeamento de água.

O bombeamento solar fotovoltaico substitui fontes de energia tradicionais para fornecer água para a agricultura. Isso pode ajudar a reduzir significativamente as emissões de dióxido de carbono.

Fontes de energia alternativas são mais eficientes, mais econômicas e mais flexíveis, preservando os recursos naturais.

Ficou curioso e quer saber mais sobre bombeamento solar? A Solar Vale é especialista em sistemas solares e pode ajudar você a entender que tipo de projeto é mais interessante para a sua propriedade. 

Relacionados

Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades da Solar Vale